Eli Corrêa Filho pede veto ao governador Alckmin

 

Esta semana, o deputado federal Eli Corrêa Filho (DEM/SP) enviou ofício ao governador Geraldo Alckmin para solicitar veto ao projeto de lei 123/2016 que, entre outras medidas, aprovou o direcionamento de recursos originalmente destinados às obras de Macrodrenagem do Rio Baquirivu-Guaçu, para construção de duas represas na bacia do PCJ (Piracibaca, Capivari e Jundiaí).
 
O deputado lembra que embora tenha sido garantida a construção de um piscinão orçado em R$ 78,7 milhões, a 2 quilômetros acima do aeroporto de Cumbica, com capacidade para 650 mil metros cúbicos de água, outras etapas da obra serão prejudicadas. “Sabemos que o guarulhense tem sofrido muito com as enchentes. Por isso, é fundamental que os recursos sejam mantidos na cidade”.
 
Pedido
Em sua comunicação oficial ao governador, Eli destacou que respeita a decisão da Assembleia Legislativa de São Paulo, “entretanto o município de Guarulhos não pode ser prejudicado”. O prefeiturável pondera que a intenção de ampliar a reserva hídrica no Estado não é ruim, mas não é aceitável adiar mais ainda, o atendimento de um justo pedido da população nas regiões do Taboão, São João e Presidente Dutra. 
 
Eli pondera, ainda, que não é contrário à construção das duas novas represas nos rios Jaguari, em Pedreira e Campinas, e no rio Camanducaia, em Amparo, que somados vai garantir uma reserva hídrica com 85,4 milhões de metros cúbicos. “A construção destas obras, porém, não podem implicar em prolongar o sofrimento da população guarulhense a cada chuva”, conclui.